Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Indecisa do Costume

15.01.20

Para Sempres


A Indecisa do Costume

Entende que nem sempre o sempre vai durar para sempre. Às vezes, o sempre vai durar só um instante. Só um instante de um beijo que talvez nunca mais te beije. Um instante de um abraço, que talvez nunca mais te abrace. Um instante de um olhar que talvez nunca mais se cruze com o teu. Um instante de um sorriso que talvez nunca mais ilumine o teu caminho. Um instante de uma companhia que, talvez já tenha prazo para partir... Um instante que talvez dure uma semana, 1 ano ou uma vida inteira. O sempre é relativo, o que pra ti pode durar para sempre, pra mim pode ser apenas um lapso de um tempo muito curto, de uma ocasião, de um acaso que por acaso aconteceu e não durou. Então não crie essa expectativa de que algo dura para sempre. Porque, quase sempre, nada dura pra sempre. Relacionamentos que parecia que iam durar para sempre, acabam. Às vezes, até mesmo sem uma explicação, mas acabam. Faculdade termina, brincadeiras que tanto te faziam sorrir, perdem a graça, amizade esfria, longas conversas se estreitam, promessas se rompem, palavras caem no esquecimento, pessoas mudam, memórias se dispersam, paixões se rompem, pessoas chegam, pessoas vão... E no final o que prevalece sempre é o amor e as vezes nem prevalece intacto, prevalece ferido, prevalece magoado, prevalece desgastado... Mas prevalece! Isso não é uma regra e nem uma exceção é apenas um conselho: não cries expectativa no "para sempre" No início de um tempo bom, tudo parece que vai ser para sempre, mas no final quase tudo nos deixa. Então sabe lidar com os fins que a vida tanto te proporcionou e que tanto ainda vai te proporcionar. Guarda isso para sempre ou só por um instante!

para sempre.jpg

 

1 comentário

Comentar post