Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Indecisa do Costume

15.10.18

O que deixaste de ser quando cresces-te ?


A Indecisa do Costume

O que deixaste de ser quando cresces-te ?

Ontem deparei-me com esta frase no perfil de uma seguidora e acabei por ficar uns 20 minutos a olhar para o telemóvel com a cabeça longe. Parece que imediatamente eu fiquei a olhar nos olhos daquela menina que ficou lá atrás, mas que ainda mora aqui dentro.

O que mais me chamou atenção nisso tudo, a ponto de eu escrever esse texto, foi exatamente as feições do rosto dela olhando para mim... Por mais que tenha sido só na minha mente, esse encontro entre o eu de agora e a de a uns anos atrás não foi exatamente como eu esperava.

Quando me imaginei pequena eu me vi parada com meus cabelos longos e loiros, um vestido castanho de flores, olhando pra mim com um olhar sério, parecia um olhar de cobrança.

Fiquei a pensar, porque eu me imaginaria assim? Porque, para o meu subconsciente, minha imagem de mim mesma pequena estaria a cobrar alguma coisa, invés de me abrir um longo sorriso e fazer me sentir bem, como quando era pequena?

Então percebi que eu estou sim a falhar com aquela criança. Quando cresci, eu descumpri várias das promessas que ela fez por mim, eu deixei de ser tantas coisas... Deixei de ser uma pessoa calma, deixei de rir de mim mesma e dos outros, deixei de encarar os problemas como desafios, deixei de fazer as minhas asneiras, mas, o pior de tudo foi ter deixado de acreditar que o mundo é um lugar de infinitas possibilidades.

Aquela menina via longe, ela queria ser a primeira a descobrir a cura do cancro e a melhor do mundo no ballet, na ginástica e na escola. Ela queria virar cantora e poder levar alegria para milhões de pessoas. Ela queria apenas ser feliz, e sabia que tudo no mundo conspirava para isso acontecer, que ela só precisava escolher o caminho certo.

Quando eu cresci, eu deixei de ser tão confiante. Deixei que as frustrações roubassem o que aquela criança me ensinou de mais valioso: que eu posso fazer e alcançar tudo que eu quiser, pois o mundo é uma imensidão de possibilidades... Possibilidades de ser feliz. Aquela menina, forte e determinada, mas ao mesmo tempo frágil, continua até hoje a dar lições importantes - quem diria! Obrigada.

 

Resultado de imagem para menina mulher