Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Indecisa do Costume

29.03.18

Happy Place ...


A Indecisa do Costume

Hoje vou vos falar sobre o meu lugar feliz, um lugar que me faz sentir bem comigo mesma, esse lugar chama-se silêncio.

Sim o silêncio é o meu lugar feliz. Nele sou capaz de me ouvir. De me encontra…

Há algum tempo atras era incapaz de estar sozinha de ouvir o meu pensamento de reflectir sobre qualquer situação, estar sozinha e em silêncio significava um estado de loucura, de sufoco, de solidão, e eu era incapaz de o sentir… sempre estive rodeada de multidão, uma multidão falsa que me fazia sentir alguém que eu não era, aquela mesma multidão que nos faz acreditar que somos perfeitos quando na verdade temos muitos defeitos, cresci assim rodeada de tudo. Cresci com a ideia que era uma princesa e que tinha como garantido tudo o que queria, mas por volta dos 12 anos percebi que o conto de fadas onde vivia, na verdade não existiu nunca, e que a realidade era bastante dura e fria, quando percebo que a vida de alguém importante pode desaparecer de um momento para o outro, e que me tenho de tornar adulta e responsável num abrir e fechar de olhos, a vida de conto de fadas desaparece num instante. Nessa altura era difícil para eu deixar de ser uma menina e passar a ser alguém muito responsável, tomar conta de dois bebes uma casa, e ser adulta não era algo que fizesse parte de uma menina de 12 anos que vivia no mundo de princesas, mas a vida obrigou a que isso acontecesse, e eu soube lidar com isso, cresci e entendi que não podemos ter tudo o que desejamos, mas eu queria ter tudo. E sentia-me sozinha sempre, constantemente abandonada pelos amigos porque não sabiam lidar com a minha necessidade de atenção, comecei a refugiar-me nos rapazes e na atenção que eles me davam aprendi a usar cada um deles com meu “brinquedo” e ai tinha a atenção que queria ate me cansar e escolher outro para “brincar” porque nunca senti amor por ninguém, não era capaz de sentir, por não acreditar mais em contos de fadas e em vida de princesas…fui uma menina má que usou os outros de forma errada para beneficio próprio, não me orgulho disso… sei que com a idade que tenho talvez nunca tenha sentido amor verdadeiro por ninguém, por não acreditar em vidas de princesa e em ser feliz como nos contos de fadas que ouvi em menina.

A muito pouco tempo atrás percebi que existem pessoas capazes de nos mostrar que o mundo das princesas existe se nos formos capazes de lutar para o merecer, e que o silencio por vezes é o melhor aliado para nos fazer entender o quanto estamos certos ou errados, e ai entendei que o silencio era o meu lugar feliz, porque nele sou capaz de me ouvir, de saber o que eu me faz sentir bem ou não, de ouvir todos os meus sentimentos e de os saber organizar para que cada um deles tenha um lugar definido no meu coração para não existirem misturas…

O silencio, o meu lugar feliz ensinou-me a ver a vida com olhos de princesa novamente, e a entender que o amor verdadeiro esta onde nunca esperávamos que ele estivesse.

Resultado de imagem para happy place