Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Indecisa do Costume

31.08.17

O teu cheiro


A Indecisa do Costume

Não imaginas as saudades q tenho tuas, as saudades q tenho do teu cheiro, do teu toque, da tua gargalhada, do teu sorriso, sinto falta de ti, do teu bom dia, de saber que tinha alguém sempre por perto, de falar contigo de te ouvir, nunca pensei ser capaz de amar,nunca pensei que me iria apaixonar, mas eu n consegui controlar.

E eu sei que percebeste isso, percebeste isso no dia q fui almoçar contigo, mas decidiste usar-me, não imaginas o quanto me dói pensar nisto, não imaginas o quanto me dói imaginar o que aconteceu para além do que eu vi, não imaginas as noites que passo sem dormir, eu não sabia que amar era isto, mas sinceramente não quero sentir isto de novo...

Sabes quantas vezes acordo a sentir o teu cheiro? Sabes quantas noites sonho contigo, ou não consigo dormir por estar a pensar em ti?

Pois, não fazes ideia, e sei perfeitamente que não queres saber.

Não imaginas o quanto isso dói... dói todos os dias passar por ti,dói todos os dias sentir que quero falar e não ter coragem, dói não ter ouvido um pedido de desculpa, dói não teres sequer uma conversa, dói ainda mais por te amar... devia odiar-te mas não sou capaz, quando te vejo só me apetece abraçar te e sentir o teu cheiro, depois dava-te um estalo, e beijava-te...

Pareço uma louca, nem eu me reconheço... Com o é possível alguém mudar tanto o outro?

Porque me mostraste alguém tão puro e depois me fizeste isto?

Tenho tantas perguntas, tantas dúvidas, faltou uma conversa entre nós, e faltou um "estou apaixonada por ti"...