Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Indecisa do Costume

10.03.20

Fingir

A Indecisa do Costume
  Não sei fingir que esta tudo bem, não sei fazer cara de ok quando algo não me agrada, a minha expressão facial muda automaticamente se eu não gosto de algo, mas mesmo assim as pessoas nem sempre entendem quando fazem coisas erradas, quando me magoam ou quando não faz sentido nenhum o que estão a fazer ou dizer! E assim surgem as perguntas : “ o que tens ?”, “ que cara é essa?”, “ fiz alguma coisa errada? “. E nossa como isso me irrita, as vezes gostava que as (...)
08.03.20

Amigos/as

A Indecisa do Costume
Sinto saudades, saudades de estar numa mesa rodeada de amigos, saudades de ter pessoas que se importam com a minha presença, ou com a falta dela! Tenho saudades de estar feliz, ou simplesmente de sorrir sem motivo, por conversas parvas, ou apenas porque cheguei ao café. Tenho saudades das mensagens trocadas todos os dias, das conversas, dos conselhos! Enfim, percebi que os amigos não estão lá sempre, e que por muito que não queira acreditar, a culpa foi muita! Sinto a vossa falta, (...)
16.02.20

...

A Indecisa do Costume
Aprendi da pior forma que quanto mais chances damos a alguém que nos magoou, menos RESPEITO ele tem por ti, as pessoas não tem medo de te perder, porque acham que tu nunca irás te afastar, por isso não deixes uma pessoa confortável em te magoar. A falta de comunicação magoa MUITO, as vezes criamos algo na nossa cabeça que nem é verdade, mas a falta de comunicação faz com que se torne verdade. Por isso antes de criarem macaquinhos na cabeça conversem, mas nunca deem espeço par (...)
12.02.20

...

A Indecisa do Costume
Uma vez namorei com um gajo que era foda na cama! O gajo fazia tudo, alinhava em tudo, não tinha nojo, altura errada nem frescura. Era de noite, de tarde, nas escadas, no carro e até na varanda. Mas era isso, e mais nada... Não havia diálogo, não havia carinho, não tinha confiança. Alternávamos entre sexo e discussão, reconciliações eróticas seguidas por erros antigos... Até o ponto que o tesão foi acabando, até ao momento em que o meu corpo já não respondia, até que o (...)
07.02.20

...

A Indecisa do Costume
Ouve bem o que te vou dizer. Homem meu não desiste. Tu vais lá e vais mostrar o que és capaz de fazer. Vais lutar tanto quanto lutas-te para me conquistar e vai vencer porque eu sei quem és e do que és capaz. Mesmo que algo não corra bem, eu vou estar do teu lado, vou me sentar contigo e vais poder sempre contar-me o que aconteceu. Porque somos assim, eu falo demais e tu por vezes nem falas, mas eu estarei lá mesmo só para ouvir o teu silencio.  Posso as vezes ser demasiado dura (...)
06.02.20

...

A Indecisa do Costume
Estes lábios que percorrem o teu corpo molhado, que só te querem dar prazer, fazendo uma declaração linda de amor a cada um dos teus poros e eles se emocionam. Provocam atrito contigo, entrando em sintonia comigo! E no fim as roupas que ficam espalhadas, e a cama que fica destruída e com lençóis molhados apenas revela a cena do crime. Um homicídio duplo! Onde foi morto o prazer e também a insegurança! E existem impressões digitais na pele que confirmam que tu és o culpado! E (...)
05.02.20

...

A Indecisa do Costume
Preliminares não é só usar a língua. Preliminares é mandar mensagem de bom dia! Mas não daqueles que mandamos a todos os amigos. Preliminares é fazer a outra pessoa sentir-se única! Preliminares é vestires a roupa sexy, preparar um jantar surpresa sejas tua a cozinhar ou num restaurante que o outro queria muito conhecer. Preliminares é ir buscar o outro ao trabalho! Seja de carro, metro, ou a pe. Com um sorriso de orelha a orelha como se tivesses ganho a lotaria e o outro fosse (...)
04.02.20

...

A Indecisa do Costume
Eu tenho ciúmes, mas odeio a forma como tenho de os controlar. Ficas séria, calada, quando perguntas o que se passa, respondo sem sorrir: “Nada!” como se tu não soubesses que estou a remoer por dentro. Na verdade, os meus ciúmes são apenas o meu jeito de te provocar, sou um bocadinho, até tu entenderes que eu me preocupo e que és importante para mim. Mas passado pouco tempo eu reapareço com o meu jeitinho fofo, e o ar sério vai ficando esquecido, aí tu abraças-me, beijas-me (...)
03.02.20

...

A Indecisa do Costume
As vezes sonho com pessoas, pessoas que nem são assim tao ligadas a mim, mas que são importantes para as pessoas que eu amo. E tenho medo, Sempre que sonho com alguma coisa que me deixa mais apreensiva ou nervosa, não consigo evitar a enviar uma mensagem para saber se essa pessoa está bem. As vezes disfarço só com um, “Ah! Estava com saudades!” mas a verdade é que sonhei que algo não estava bem, e o meu coração ficou apertadinho. Detesto sonhar com pessoas, mas detesto a (...)
02.02.20

...

A Indecisa do Costume
Eu vejo fantasma! É estranho dizer isto, tanto quanto deve ser alguém o ler ou ouvi-lo. Mas sim eu vejo fantasmas, e não como nos filmes, eu vejo fantasmas reais. As vezes quando estou sozinha eu ouço eles vagueando pela rua ou pelo espaço onde eu estou, mas nem sempre foi assim. A alguns anos atras eu sentia a sua presença, mas não os via, eu sabia que eles estavam lá, mas não era capaz de os identificar. Não sabia o que queriam nem se me iria fazer mal (porque toda gente acha (...)